Ferramentas do usuário


Configurando o Módulo Rede

As configurações do módulo podem ser acessadas por meio do menu Sistema → Configuração → Vendas → Formas de Pagamentos nas abas Cartão de Crédito - Rede - Query Commerce.

Habilitando o módulo

O primeiro passo será habilitar o seu módulo. Após expandir a aba Cartão de Crédito - Rede - Query Commerce, navegue até o campo Habilitado e selecione a opção Sim para disponibilizar a forma de pagamento aos seus clientes. Este campo possibilita que você ative e desative o seu módulo.

Em seguida configure o nome do método de pagamento que será visualizado pelos seus clientes no campo Título, por exemplo: Cartão de Crédito (Rede). Segue ilustração das configurações acima:

Identificação do Lojista

Ao fazer o cadastro junto à Rede, o lojista receberá alguns dados referentes a sua conta, os próximos campos Filiação e Usuário do Web Service e senha do Web Service, referem-se a estes dados. Insira os respectivos dados em seus campos. Caso não possua estes dados, veja a nota acerca deste tema em Pré requisitos.

No campo Ambiente, defina o ambiente no qual está sendo utilizado o módulo: Desenvolvimento ou Produção. O ambiente Desenvolvimento é reservado a testes e validações do fluxo de pagamento. As transações realizadas neste ambiente não são válidas ou armazenadas. Além disso, a recusa ou aceitação de um pagamento também não indica que um cartão possa ou não ser utilizado. Em contrapartida, o ambiente Produção é destinado às transações reais, o qual deve ser utilizado quando o módulo está instalado e testado. As transações no ambiente em Produção são as que serão computadas na sua conta Rede.

Inicialmente é aconselhável utilizar o ambiente de testes, até que seja configurado e validado o módulo. Finalizado esse processo, mude para produção para que suas vendas sejam computadas. Segue ilustração das configurações acima:

Regras de Pagamentos

Os próximos campos referem-se às configurações das regras de pagamentos para as vendas feitas pelo módulo. Em Bandeiras de Cartões selecione quais as bandeiras de cartões as quais irá trabalhar em seu e-commerce. Lembrando que, você deverá selecionar apenas as bandeiras que foram previamente negociadas com a operadora Rede, caso contrário poderá ter problemas para obter os recebimentos de bandeiras que não estão contempladas em seu contrato.

Defina qual ação deverá ser feita após o recebimento de um pedido. Escolha a opção Apenas Autorizar, para que a captura seja feita manualmente na administração das vendas ou Autorizar e Capturar, caso queira que a operação de captura seja realizada automaticamente.

Optando pela ação de Autorizar e Capturar, qualquer compra feita por meio do módulo, sendo aprovada na Rede, será automaticamente faturada no Magento. É importante ressaltar que o faturamento de forma automática impossibilita algumas ações importantes no Magento. Por exemplo: realizar a avaliação do pedido verificando possíveis fraudes, antes de faturá-lo.

Os pedidos negados poderão ser cancelados automaticamente, para isso, navegue até o campo Cancelar Pedidos Negados Automaticamente e selecione a opção Sim. No próximo campo, caso deseje que o CPF do portador do cartão seja armazenado no sistema, selecione a opção Sim.

No campo Armazenar BIN defina se deseja que os seis (06) primeiros dígitos do cartão sejam armazenados em seu banco de dados. Não recomendamos ativar esta opção, pois armazenar estes números desrespeita as recomendações de segurança da Rede e pode expor seus clientes em casos de invasões.

Você poderá definir o tipo de parcelamento no campo Parcelamento Loja. Neste campo optando por SIM, o lojista assume o parcelamento, ou seja, uma compra parcelada em 5x será recebida pelo logista mensalmente o valor de cada parcela. Já optando por NÃO, a REDE quem assumirá o parcelamento, ou seja, fará o repasse do valor integral ao lojista mesmo que o cliente pague parcelado (consulte tarifas dos serviços para entender qual é o melhor para o perfil da sua empresa).

Em seguida escolha a quantidade de máxima de parcelas que o cliente poderá dividir no cartão, no campo Número Máximo de Parcelas. O número de parcelas pode ser diferente para o cliente dependendo do cartão que o mesmo utiliza, uma vez que cada cartão pode ter uma limitação de parcelamento diferente.

Os campos Parcelas sem Juros e Juros do Pedido (%) devem ser ignorados, já que para esta versão do módulo não existe integração de vendas com juros junto a REDE.

Em seguida, especifique no campo Valor Mínimo de Parcelas o menor valor que poderá ser assumido por uma parcela. Importante verificar antes com a operadora Rede qual é o número minimo permitido.

Para finalizar, temos o campo Modo de Depuração, esta opção é destinada ao uso de programadores e permite habilitar o ato de Depurar.

A ilustração abaixo mostra a interface das configurações citadas acima:

Status do Pedido

Vamos agora à definição dos status dos pedidos recebidos por meio do seu módulo Rede. No campo Novo Status do Pedido defina o status que o pedido passará a ter ao fim de um pedido, por exemplo: pendente, em analise, processando. Caso nenhum dos status disponíveis em sua loja atenda a sua expectativa, você poderá criá-lo, para isso siga o passo a passo disponibilizado AQUI.

Finalizada a criação do Status, volte às configurações da Rede e insira o status criado no campo Novo Status do Pedido.

Defina também para qual status o pedido passará caso ele seja negado pela Rede no campo Status não Autorizado. Caso necessário, siga o passo a passo descrito acima para a criação do status.

Funcionamento

Após efetuadas todas as configurações, o módulo já estará apto para ser utilizado pelos clientes em seu e-commerce.

A tela a seguir mostra como o cliente visualizará ao optar pelo pagamento com cartão de crédito no checkout do seu e-commerce.

Importante salvar as configurações para o armazenamento dos dados configurados antes de sair da página. Para isso selecione, no canto superior direito da sua tela o botão Salvar.

Retornar à página anterior


Ferramentas da página